Filmes por gênero

SABOR DA PAIXÃO (2000)

Woman on Top
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Mulher por cima (Portugal)
Amour, piments et bossa nova (França)
Per incanto o per delizia (Itália)
Las mujeres arriba (Argentina)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Direção: Fina Torres
Roteiro: Vera Blasi
Produção: Alan Poul
Design Produção: Philippe Chiffre
Música Original: Luis Bacalov
Direção Musical: Frankie Pine
Fotografia: Thierry Arbogast
Edição: Leslie Jones
Direção de Arte: Alexandre Meyer
Figurino: Elisabeth Tavernier
Maquiagem: Maria Lúcia Mattos
Efeitos Sonoros: Andy Peach, Brad North, Andrew DeCristofaro e outros
Efeitos Especiais: Marcelo Couto
Efeitos Visuais: Robert Yamamoto, Jamie Dixon, Allison Troxell e outros
Nota: 5.4
Filme Assistido em: 2003

Elenco

Penélope Cruz Isabella Oliveira
Murilo Benício Toninho Oliveira
Wagner Moura Rafi
Carlos Gregório Melvin
Mark Feuerstein Cliff Lloyd
Harold Perrineau Jr. Mônica Jones
Lázaro Ramos Max
Eliane Guttman Mãe de Isabella
Ana Paula Oliveira Cozinheira
David Herman Fotógrafo
John de Lancie Alex Reeves
Anne Ramsey Diretora de TV
Ana Gasteyer Claudia Hunter
Eduardo Mattedi Pai de Isabella
Marilice Santos Vizinha sexy
June Lomena Zeke
Bob Greene Nikos
Cléa Simões Serafina
Luís Careca Thor
Jerry Penacoli Tom Kelly
Roberta Kennedy Garçonete do Bar

Indicações

Festival de Cinema de Bogotá, Colômbia

Prêmio de Melhor Filme (Fina Torres)

Sinopse

Isabella e Toninho são felizes e vivem numa cidade portuária da Bahia, na costa do nordeste do Brasil.  Isabella ama enlouquecidamente Toninho e ela mistura suas paixões com as comidas que aprendeu a cozinhar com temperos nativos, ervas naturais, ingredientes locais e uma mágica só dela, transformando tudo em extraordinários presentes aos sentidos.

Toninho e Isabella têm um restaurante, mas sua arte culinária fica escondida na cozinha, enquanto os talentos musicais e o encanto pessoal dele ficam bem à mostra no salão, todas as noites. Isabella, porém, consegue conviver com o ego de Toninho e este, com uma pequena aflição: ele sofre de uma terrível doença que limita seus movimentos.  Assim, Isabella tem que dirigir quando eles andam de carro; tem que subir as escadas enquanto ele prefere tomar o elevador; é ela quem leva quando eles dançam.  E, quando fazem amor, ela tem que ficar por cima.

Ele agüenta tudo isso até certo ponto, mas quando Isabella o pega com outra mulher, é ela quem fica inconsolável.  E então, decide juntar suas coisas e pegar um avião para os Estados Unidos (embora passe mal durante toda a viagem) para morar com sua amiga Monica.

Amiga íntima desde os tempos de infância, Monica é um travesti com muito alto astral que se estabeleceu em São Francisco e está decidida a ajudar Isabella a fazer o mesmo.  Primeiro, contudo, Isabella precisa de um trabalho e, apesar de suas habilidades culinárias singulares, tornar-se chef numa cidade onde não conhece nada não parece nada fácil.

Em segundo lugar, e mais difícil ainda, ela precisa parar de pensar em Toninho.  Voltada para os caminhos tradicionais do Candomblé, ela apela para Iemanjá, a deusa do mar e uma aliada nos assuntos do coração.  Isabella prepara uma oferta, leva para o mar e implora à divindade para apagar para sempre o amor que sente por seu marido mulherengo.  No dia seguinte, ela se sente uma nova mulher, livre e possuída de um encantamento mágico e magnetizante. Isabella acha um trabalho de meio período como instrutora de cozinha em uma escola para adultos.  

Certo dia, Cliff, um ambicioso e jovem produtor de televisão, prova um de seus pratos, vê a sua beleza e se apaixona por ela.  Inspirado por seu brilho, ele tem uma idéia: tornar Isabella a estrela de seu próprio programa noturno de culinária.  E, durante o processo de fazer sua carreira, a mistura da sensualidade exótica de Isabella e os seus talentos culinários tornam o show uma sensação instantânea.

Mas nem tudo são rosas como parece ser.  O penitente Toninho abandonou seu restaurante para procurar sua mulher e se inseriu, junto com uma banda itinerante de trovadores baianos,  como o acompanhamento musical muito popular do programa de Isabella.  Cliff, motivado por suas ambições, gradualmente começa a tirar o controle do programa das mãos de sua estrela.  No meio de todo seu sucesso, Isabella está infeliz: ela abandonou o amor verdadeiro que outrora a fazia sentir-se inteira, e ainda perdeu o controle de sua própria vida novamente.

Ansiosa em voltar para a sua paixão, Isabella procura ajuda junto à sua deusa guardiã, Iemanjá, e sua amiga Monica.  Mas logo descobre que o caminho da felicidade deve ser descoberto somente por ela.

imagem imagem imagem

Comentários

"Sabor da Paixão" é uma comédia romântica sem graça, com um roteiro limitado, inteiramente estereotipado em relação ao Brasil.  Tal fato, lembra os filmes americanos dos anos 40 com a atriz e cantora Carmen Miranda.

Embora linda, Penélope Cruz não tem uma boa interpretação.  Já Murilo Benício, está razoável como Toninho, embora um pouco exagerado.

CAA