Filmes por gênero

O HOMEM INVISÍVEL (2020)

The invisible man
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: El hombre invisible (Argentina, México, Espanha)
Der Unsichtbare (Áustria, Alemanha)
Näkymätön mies (Finlândia)
A láthatatlan ember (Hungria)
L'uomo invisibile (Itália)
Nematomas zmogus (Lituânia)
Den usynlige mann (Noruega)
Niewidzialny człowiek (Polônia)
Görünmez Adam (Turquia)
Человек-невидимка (Rússia)
Pais: Estados Unidos, Austrália, Canadá, Reino Unido
Gênero: Horror, Mistério, Ficção Científica, Suspense
Direção: Leigh Whannell
Roteiro: Leigh Whannell
Produção: Jason Blum, Kylie Du Fresne, Rosemary Blight, Daniel Bekerman
Design Produção: Alex Holmes
Música Original: Benjamin Wallfisch
Direção Musical: Darrell Alexander, Chris Barrett, Rupert Coulson e outros
Fotografia: Stefan Duscio
Edição: Andy Canny
Direção de Arte: Alice Lanagan
Figurino: Emily Seresin
Guarda-Roupa: Elly Kamal, Jaspar Goodman, Zana Komene
Maquiagem: Angela Conte, Catherine Scoble
Efeitos Sonoros: Chris Terhune, Adam Baker, Tom Burns e outros
Efeitos Especiais: Dan Oliver
Efeitos Visuais: Caroline Adams, Lindsay Adams, Josh Azzopardi e outros
Nota: 8.6
Filme Assistido em: 2020

Elenco

Elisabeth Moss Cecilia Kass
Oliver Jackson-Cohen Adrian Griffin
Harriet Dyer Emily Kass
Aldis Hodge James Lanier
Storm Reid Sydney Lanier
Michael Dorman Tom Griffin
Renee Lim Dr. Lee
Benedict Hardie Marc (Arquiteto)
Nick Kici Taylor (Garçom)
Vivienne Greer Mulher gritando
Nicholas Hope Médico Chefe
Cardwell Lynch Policial
Sam Smith Detetive Reckley
Zara Michales Enfermeira
Nash Edgerton Guarda de Segurança
Anthony Brandon Wong Vítima de acidente
Xavier Fernandez Detetive
Amali Golden Annie
Michael Knott Paciente do Hospital

Sinopse

Presa a um relacionamento abusivo com seu marido violento, um cientista chamado Adrian Griffin, Cecilia Kass escapa dele na calada da noite com a ajuda de sua irmã Emily. Ela o drogou com Diazepam, mas ao escapar ela solta seu cachorro, que dispara os alarmes da casa, acordando Adrian que, furioso, passou a persegui-la.
 
Duas semanas depois, Cecília encontra-se escondida na casa de seu melhor amigo, James Lanier, e sua filha adolescente, Sydney. Permanecendo reclusa, por ter medo de sair de casa, Cecilia enlouquece quando Emily vem visitá-la, acreditando que Adrian tentará prejudicá-la. No entanto, Emily compartilha a notícia de que Adrian cometeu suicídio. Seu irmão, Tom, dá à Cecilia a fortuna e a herança de seu falecido irmão, que ela só aceita para financiar as mensalidades da Faculdade de Sydney e a casa de James. No entanto, Cecilia se mostra com uma sensação desconfortável de estar sendo observada. No meio da noite, enquanto dorme ao lado de Sydney, o edredom é retirado lentamente e vários flashes de luz são vistos. Ao acordar, ela desconfia dos cobertores ao pé da cama. Ao tentar puxá-los, eles não se movem. Sua reação acorda Sydney e James, mas ela se mostra incapaz de explicar o que acha ter visto. 
 
Horas depois, ela sai para uma entrevista de emprego, como arquiteta. No entanto, ao abrir seu portfólio para mostrar seu trabalho, Cecilia não o encontra e desmaia. Depois de ir ao Hospital, ela descobre que estava drogada. Ao voltar para casa, ela recebe um telefonema do médico comunicando-lhe que seu desmaio foi causado por uma overdose de Diazepam. Sentindo-se insegura, Cecilia visita Emily, que está brava com ela por causa de um email odioso. Ao examinar seu email, ela descobre a mensagem enviada e sofre um colapso emocional. Sydney tenta animá-la, mas é agredida por uma força invisível, fazendo-a surtar e acreditar que Cecilia é a responsável. James, então, decide levar Cecilia para um local mais seguro. Enquanto isso, Cecilia investiga a casa e encontra seu trabalho no sótão, bem como, uma grande faca de cozinha de James e várias fotos de seu sono que foram tiradas por um perseguidor invisível. 
 
Percebendo que não está sozinha, Cecilia joga um balde de tinta na escada e descobre a forma de um homem vestindo algum tipo de terno. O homem foge e lava a tinta antes que Cecilia saia do sótão. Os dois lutam até que Cecilia se solta de suas mãos e foge da casa, entrando num carro que ela chamara. Ela, então, pede ao motorista que a leve até a casa de Adrian. Ao entrar na casa do marido, ela se dirige ao laboratório onde descobre um traje de alta tecnologia, que ele estava trabalhando e que poderia torná-lo invisível. Cecilia pega esse traje e o esconde, mas é atacada pelo homem invisível até que seu cachorro retorne e intervenha, ganhando tempo para escapar.
 
Em seguida, Cecilia marca uma reunião com Emily em um restaurante e pede desculpas enquanto explica que a ama. O ceticismo de Emily começa a derreter quando elas se unem e Cecilia explica que encontrou um traje invisível no laboratório de Adrian. De repente, uma faca corta a garganta de Emily, matando-a. A faca é colocada na mão de Cecilia, que é presa e transferida para um sanatório. Agora, duvidando de sua própria sanidade e descobrindo que está grávida do filho de Adrian, Cecilia cede, mas é confrontada por Tom, que explica que ele estava trabalhando com seu irmão o tempo todo.  Continuando, ele lhe diz que ela perderá a fortuna e será admitida permanentemente nessa instituição, a menos que ela retorne para Adrian com seu filho. Cecilia se recusa, ainda enfurecida por ele ter matado sua irmã. Tom sai, mas não antes que Cecilia roube uma de suas canetas.
 
No quarto, Cecilia se prepara para se matar, cortando o pulso com a caneta, mas o homem invisível a impede. Depois de tirá-lo do esconderijo, usando-se como isca, Cecilia o apunhala duas vezes com a caneta, fazendo com que seu traje falhe e ele apareça e desapareça ao acaso. Um segurança entra para detê-la, mas fica surpreso com a figura que o derruba. Cecilia corre para o corredor e é parada por vários seguranças que também veem a figura com falhas. O homem invisível os domina facilmente antes de escapar para a noite tempestuosa. Cecilia o rastreia, mas ele a domina e lhe diz que agora estará de olho em Sydney.
 
Cecilia avisa James sobre o perigo e ele corre para casa, onde vê uma figura invisível atacando sua filha. James tenta intervir, mas é espancado na frente de uma Sydney apavorada. Cecilia, então, invade e pulveriza a figura com um extintor de incêndio, revelando sua forma antes de atacá-lo com uma pistola. O homem invisível cai no chão e morre. Por outro lado, Adrian é encontrado amarrado em sua casa quando uma equipe da SWAT invade o local. James explica que as evidências sugerem que Tom usou seu irmão para chegar à Cecilia, mas ela ainda está convencida de que Adrian e Tom estavam trabalhando juntos. 
 
Ainda estressada com a série de ocorrências, Cecilia liga para Adrian e concorda em encontrá-lo para um jantar. Ela está usando um aparelho de escuta na esperança de encontrar uma maneira de obter uma confissão  dele com a ajuda de James, que se encontra fora da propriedade. Na ocasião, ela lhe pergunta se ele a estava perseguindo, mas ele nega a princípio e infere inadvertidamente o contrário. Quando Cecilia pede licença para ir ao banheiro, Adrian começa a perceber que algo mais acontece quando, de repente, sua cabeça é empurrada para trás e sua garganta é cortada. Adrian cai no chão sangrando até a morte. Ao entrar na sala, Cecilia se mostra chocada antes de chamar a polícia. Por outro lado, ela  se regozija ao deduzir que ela fez isso usando o traje invisível dele.
 
James corre e encontra Cecilia escapando com o terno e o cachorro de Adrian.  Em seguida, ela parte para a noite, talvez com a intenção de roubar o trabalho do maridopara seu próprio benefício futuro.

imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Leigh Whannell, "O Homem Invisível" é um ótimo filme produzido em 2020. Sua trama, baseada num livro de H. G. Wells, escrito em 1897, é marcada por uma boa dose de horror, mistério, violência doméstica, ficção científica e suspense, criando momentos de tensão ao longo de toda a produção. 

Na direção, Whannell realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pela magnífica fotografia de Stefan Duscio e pela trilha sonora a cargo de Benjamin Wallfisch. No elenco, a atriz Elisabeth Moss brilha no papel principal, seguida pela ótima atuação de Oliver Jackson-Cohen. 

CAA