Filmes por gênero

O CANDIDATO (1972)

The candidate
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Votez Mc Kay (França, Canadá)
Il candidato (Itália)
El candidato (Espanha, Argentina, Peru, Venezuela)
Bill McKay - Der Kandidat (Alemanha)
Bill McKay - utmanaren (Suécia)
Kandydat (Polônia)
Stem på McKay (Dinamarca)
Кандидат (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Dramática
Direção: Michael Ritchie
Roteiro: Jeremy Larner
Produção: Walter Coblenz, Nelson Rising
Design Produção: Gene Callahan
Música Original: John Rubinstein
Fotografia: Victor J. Kemper
Edição: Robert Estrin, Richard A. Harris
Figurino: Patricia Norris
Guarda-Roupa: Bernie Pollack
Maquiagem: Gary Liddiard
Efeitos Sonoros: Gene Cantamessa, James Falkinburg, Bob Sheridan, R. Portman
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1973

Elenco

Robert Redford Bill McKay
Peter Boyle Marvin Lucas
Melvyn Douglas John J. McKay
Don Porter Senador Crocker Jarmon
Allen Garfield Klein
Karen Carlson Nancy McKay
Quinn K. Redeker Rick Jenkin
Morgan Upton Wally Henderson
Howard K. Smith Âncora do telejornal da ABC
Michael Lerner Paul Corliss
Kenneth Tobey Floyd J. Starkey
Christopher Pray David
Joe Miksak Neil Atkinson
Jenny Sullivan Lynn
Tom Dahlgren Piloto
Leslie Allen Mabel
Robert De Anda Jaime
Robert Goldsby Fleischer
Mike Barnicle Wilson
David Moody Watts Heckler
Richard Bergholtz Richard Bergholtz
Alan Cranston Senador Alan Cranston
Hubert H. Humphrey Senador Hubert H. Humphrey
Fred Harris Senador Fred Harris
George McGovern Senador George McGovern
Michael L. Davis Fotógrafo
Stanley Tretick Fotógrafo
Natalie Wood Ela própria
Barry Sullivan Ele próprio
Dick Whittington Ele próprio
Ken Jones Ele próprio

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor História e Roteiro (Jeremy Larner)

Grêmio dos Roteiristas da América

Prêmio de Melhor Drama escrito diretamente para o cinema (Jeremy Larner)

National Board of Review, USA

Prêmio NBR dos 10 Melhores Filmes

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Richard Portman, Gene Cantamessa)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Depois de administrar uma campanha senatorial mal sucedida no Meio-Oeste, Marvin Lucas voa para a Califórnia para convencer o militante Bill McKay a concorrer ao Senado contra o "imbatível" republicano Crocker Jarmon. Lucas, que desfruta do dinheiro e das vantagens que advém da gestão de uma campanha política, dirige-se a San Diego para conhecer Bill, o simpático e privilegiado filho do ex-governador da Califórnia, John J. McKay. Longe de seu pai, Bill declara que odeia política e não está interessado em concorrer a nada, mas sua esposa Nancy sugere entusiasticamente que ele tem as condições para ser um candidato bem-sucedido.

Lucas assegura ao cético Bill que ele terá a plataforma perfeita para divulgar sua mensagem social e política sem quaisquer ônus. Depois de participar de uma manifestação republicana, na qual Jarmon sarcasticamente denuncia várias causas liberais, Bill percebe que deseja concorrer e anuncia sua candidatura a um pequeno grupo de repórteres. Ele os impressiona com sua franqueza e falta de aprovação política, especialmente quando expressa apoio inequívoco a questões polêmicas como o bem-estar social.

Quando Lucas apresenta Bill a Howard Klein, um assessor de campanha e mídia de sucesso que diz a Bill para cortar o cabelo e se vestir de forma mais conservadora, ele ri, mas concorda com a sugestão. Inicialmente, ele fala  embaraçosamente diante das pequenas multidões que vêm vê-lo. Gradualmente, no entanto, ele se torna mais à vontade com as multidões e a imprensa, e seu apoio começa a crescer, especialmente entre os eleitores jovens que são atraídos por sua boa aparência.

À medida que a campanha avança, Bill começa a fazer pequenos acordos, geralmente a pedido de Lucas ou Klein, e vence facilmente as primárias democratas de junho, nas quais ele concorre sem oposição. Como seu objetivo é perder, Bill não vê isso como um problema quando Lucas revela que as pesquisas atuais projetam que ele receberá apenas 32% dos votos nas eleições gerais.

Algum tempo depois, quando estão prestes a voar de Los Angeles para San Diego, um assessor de campanha informa a Lucas que há um incêndio nas colinas acima de Malibu, levando-o a tirar Bill do avião e dirigir-se ao local do incêndio. Lucas tem certeza de que Bill terá uma oportunidade de ouro para discutir suas políticas sobre questões ambientais, como super desenvolvimento, bacias hidrográficas e seguro federal contra desastres, mas antes que Bill possa falar com a imprensa, eles se distraem com a chegada de Jarmon em um helicóptero.

O senador rapidamente assume o comando, anunciando que providenciou para que Malibu seja declarada área de desastre federal e que em breve discutirá a legislação sobre bacias hidrográficas e seguro contra catástrofes, medidas que ele anteriormente havia se mostrado contra. Quando Bill se aproxima de Jarmon para dizer que deseja debater o assunto, ele rapidamente se despede e deixa o local. Continuando na campanha, Bill faz alguns progressos, mas não o suficiente para impressionar Lucas. Ao tomar conhecimento de que o pai de Bill está prestes a apoiar Jarmon, Lucas finalmente convence Bill a se aproximar de seu pai.

Engolindo seu orgulho, ele procura seu pai nas montanhas e lhe pede uma declaração pública de seu apoio à sua candidatura. O pai lhe atende e nega os rumores de que apoiaria Jarmon. À medida que a eleição se aproxima, o apoio a Bill começa a aumentar e, por outro lado, ele e Nancy, que tem se entusiasmado com a perspectiva de sua  eleição, estão se afastando um do outro e discutem o quanto sua vida privada precisa ser exposta ao público.

Quando Bill começa a agir mais como outros políticos, sua classificação nas pesquisas aumenta, mas muitos de seus velhos amigos se voltam contra ele. O proeminente âncora de um telejornal da ABC, Howard K. Smith, faz um editorial contundente criticando-o por abandonar sua abordagem outrora nova em favor de se vender como sabão em pó. Preocupado, Bill vai falar com Lucas, que lhe mostra os números das novas pesquisas, segundo os quais a liderança de Jarmon foi reduzida para oito pontos percentuais, levando-o a concordar com um debate.

Na noite do debate televisionado, Bill inicialmente vacila e parece muito inexperiente contra Jarmon, mas uma troca de última hora em que Bill se desvia dos conselhos escritos por Klein, deixa seu adversário agitado e zangado. Depois do debate, Bill fica magoado quando Jaime, ex-colega de escritório, se recusa a falar com ele. Logo em seguida, seu pai chega com um grupo de repórteres e lhe dá um aperto de mão entusiasmado, dizendo-lhe que ele agora é um político.

Ao chegar a época da eleição, Bill se mostra um candidato astuto, chegando a fazer um acordo político para obter apoio de um antigo companheiro de seu pai, o chefe sindical Floyd Starkey. No dia da eleição, ele e Nancy votam no início da manhã, sorrindo diante das câmeras. Finalmente, quando os apresentadores de televisão anunciam que ele foi eleito, Bill se sente isolado e implora ao exultante Lucas por um momento sozinho.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Michael Ritchie, a partir de um roteiro escrito por Jeremy Larner, “O Candidato” é um filme produzido pelas empresas Redford-Ritchie Productions e Wildwood Enterprises em 1972. Sua trama conta a história de um advogado jovem e idealista que é persuadido a concorrer ao Senado, como democrata, contra um candidato republicano concorrendo ao seu quarto mandato.

Partindo de um roteiro bastante original e inteligente, Ritchie nos brinda com um belo trabalho de direção. Na área técnica, embora não atinjam um grau de excelência, merecem destaques sua fotografia em Panavision, a cargo de Victor Kemper, bem como a trilha sonora assinada por John Rubinstein.

No elenco, destacam-se as atuações de Robert Redford e Peter Boyle, seguidas pelas apresentadas por Allen Garfield e Melvyn Douglas.

CAA