Filmes por gênero

ELA (2013)

Her
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Uma História de Amor (Portugal)
Ella (Argentina)
Lei (Itália)
Ona (Répública Tcheca, Croácia)
Hende (Dinamarca)
Temake (Estônia)
Δικός της (Grécia)
A nő (Hungria)
Hee (Israel)
Тя (Bulgária)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Romance, Ficção Científica
Direção: Spike Jonze
Roteiro: Spike Jonze
Produção: Spike Jonze, Vincent Landay, Chelsea Barnard e outros
Design Produção: K.K. Barrett
Música Original: Arcade Fire
Direção Musical: Christine Bergren, Marie Ebbing, Eric Gorfain e outros
Fotografia: Hoyte Van Hoytema
Edição: Jeff Buchanan e Eric Zumbrunnen
Direção de Arte: Austin Gorg
Figurino: Casey Storm
Guarda-Roupa: Anita Louise Brown, Lisa Buchignani e outros
Maquiagem: Steve Artmont, Cydney Cornell, Kristin Wahl e outros
Efeitos Sonoros: Thom Brennan, Ren Klyce, David C. Hughes e outros
Efeitos Especiais: Roy K. Cancino, Joe Pancake, Elia P. Popov e outros
Efeitos Visuais: Juan José Aja, Carlos Anaya, César Arcos e outros
Nota: 9.3
Filme Assistido em: 2021

Elenco

Joaquin Phoenix Theodore
Lynn Adrianna Freedman Escritora da 1ª carta
Lisa Renee Pitts Escritora da 2ª carta
Gabe Gomez Escritora da 3ª carta
Chris Pratt Paul
May Lindstrom Atriz de TV grávida
Rooney Mara Catherine
Bill Hader Amigo
Scarlett Johansson Samantha (voz)
Amy Adams Amy
Matt Letscher Charles
David Azar Advogado do divórcio de Theodore
Dane White Filho
Nicole Grother Filha
James Ozasky Pai de Catherine
Luka Jones Lewman
Gracie Prewitt Jocelyn
Laura Kai Chen Tatiana
Soko Isabella
Robert Benard Michael Wadsworth (Editor)
Lisa Cohen Esposa de Michael Wadsworth
Grant Samson Sócio de de Michael Wadsworth
Kathleen Carr Médica
Rick L. Dean Professor
Carol McFadden Matilda
Rachel Ann Mullins Giselle
Laura Rossi Maria

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmios AFI, Los Angeles, Estados Unidos

Prêmio AFI de Melhor Filme do Ano (Megan Ellison, Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Austin, USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Central Ohio, USA

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Prêmios CinEuphoria

Prêmio dos 10 Melhores Filmes do Ano - Competição Internacional (Spike Jonze)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Detroit, EUA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio de Melhor Roteiro do Ano (Spike Jonze)

Associação dos Jornalistas Críticos de Cinema de Indiana, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmios da International Cinephile Society

Prêmio ICS de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett)

Prêmio ICS de Melhor Trlha Sonora (Arcade Fire e Owen Pallett)

Círculo dos Críticos de Cinema de Kansas City, USA

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmio Vincent Koehler de Melhor Filme de Ficção Científica, Fantasia ou Horror (Megan Ellison, Spike Jonze)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio Sierra de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Círculo dos Críticos de Cinema de Oklahoma, USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Sociedade dos Críticos de Cinema de San Diego, USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmios Sant Jordi de Barcelona

Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro (Spike Jonze)

Críticos de Cinema de Seattle, USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett e Gene Serdena)

Festival de Cinema do SESC, Brasil

Prêmio do Público de Melhor Ator Estrangeiro (Joaquin Phoenix)

Associação dos Críticos de Cinema do Sudeste, Estados Unidos

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de St. Louis, USA

Prêmio de Melhor Música (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Toronto, Canadá

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Utah, USA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Associação dos Críticos de Cinema de Washington DC

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (Will Butle e Owen Pallett)

Oscar de Melhor Canção Original (The Moon Song)

Oscar de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett e Gene Serdena)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Musical ou Comédia

Prêmio de Melhor Ator em um Musical ou Comédia (Joaquin Phoenix)

Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, USA

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Editores do Cinema Americano, USA

Prêmio Eddie de Melhor Edição de um Drama (Eric Zumbrunnen e Jeff Buchanan)

Prêmios Bodil - Copenhague, Dinamarca

Bodil de Melhor Filme Americano (Spike Jonze)

Prêmios da Broadcast Film Critics Association, USA

Prêmio da Crítica de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio da Crítica de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio dos Críticos de Melhor Direção de Arte (K.K. Barrett e Gene Serdena)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora Original (Arcade Fire)

Associação dos Críticos de Cinema de Central Ohio, USA

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Filme (2º lugar)

Associação dos Críticos de Cinema de Chicago

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Prêmio de Melhor Diretor (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Direção de Arte / Design de Produção (K.K. Barrett e Austin Gorg)

Prêmios CinEuphoria

Prêmio de Melhor Direção - Competição Internacional (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Direção - Competição Internacional (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Dallas-Fort Worth - USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Sociedade dos Críticos de Cinema de Detroit, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Círculo dos Críticos de Cinema de Dublin, Irlanda

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Círculo dos Críticos de Cinema da Flórida, USA

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Associação dos Críticos de Cinema da Georgia, EUA

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmios Gold Derby

Prêmio Gold Derby de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmio Gold Derby de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio Gold Derby de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio Gold Derby de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze e Vincent Landay)

Prêmio Gold Derby de Melhor Figurino (Casey Storm)

Prêmio Gold Derby de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett)

Prêmio Gold Derby de Melhor Trilha Sonora (Will Butler, Owen Pallett)

Prêmio Gold Derby de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio Gold Derby de Melhor Canção ("The Moon Song")

Prêmios Golden Schmoes

Prêmio Golden Schmoes de Filme Favorito do Ano

Prêmio de Melhor Diretor do Ano (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante do Ano (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Música

Prêmios Grammy, EUA

Grammy de Melhor Canção Escrita para um Filme, Televisão ou Outra Mídia Visual ("The Moon Song")

Sociedade dos Críticos de Cinema de Houston, EUA

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Canção Original ("The Moon Song")

Sociedade dos Críticos de Cinema de Las Vegas

Prêmio Sierra de Melhor Filme (9º lugar)

Círculo de Críticos de Cinema de Londres, Inglaterra

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmio Filme do Ano

Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Música (Arcade Fire e Owen Pallett)

Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de North Carolina, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmios PGA, Los Angeles, Califórnia, USA

Prêmio PGA de Melhor Produção (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Sociedade dos Críticos de Cinema de San Diego, USA

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmio de Melhor Edição (Eric Zumbrunnen e Jeff Buchanan)

Prêmio de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett)

Associação de Críticos de Cinema de San Francisco

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Design de Produção (K.K. Barrett)

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Golden Satellite de Melhor Roteiro Original (Spike Jonze)

Prêmio Golden Satellite de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Críticos de Cinema de Seattle, USA

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Canção Original ("The Moon Song")

Associação dos Críticos de Cinema de St. Louis, USA

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Direção de Arte (K.K. Barrett, Austin Gorg e Gene Serdena)

Associação dos Críticos de Cinema de Toronto, Canadá

Prêmio de Melhor Filme (Megan Ellison, Spike Jonze, Vincent Landay)

Círculo dos Críticos de Cinema de Vancouver, Canadá

Prêmio de Melhor Roteiro (Spike Jonze)

Associação dos Críticos de Cinema de Washington DC

Prêmio de Melhor Filme

Prêmio de Melhor Direção (Spike Jonze)

Prêmio de Melhor Ator (Joaquin Phoenix)

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Arcade Fire)

Prêmio de Melhor Direção de Arte (K.K. Barrett e Gene Serdena)

Prêmio de Melhor Fotografia (Hoyte Van Hoytema)

Prêmio de Melhor Edição (Eric Zumbrunnen e Jeff Buchanan)

Prêmios para Jovens Artistas, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Jovem (Gracie Prewitt)

Sinopse

Theodore Twombly é um homem solitário e introvertido que escreve cartas pessoais para pessoas com dificuldade de expressar seus sentimentos. Ele é muito bom em seu trabalho.

Infeliz por causa do divórcio iminente de sua namorada de infância, Catherine, Theodore compre um sistema operacional falante, com inteligência artificial, projetado para se adaptar e evoluir como um ser humano. Ele decide que quer que o sistema operacional tenha uma identidade feminina, e ela se chama "Samantha".

Theodore é fascinado por sua capacidade de aprender e crescer psicologicamente, e eles se unem em suas discussões sobre amor e vida, durante as quais Theodore explica que está evitando assinar os papéis do divórcio por causa de sua relutância em deixar Catherine.

Certo dia, Theodore é  convencido por Samantha a ter um encontro às cegas com uma conhecida que sua amiga de longa data está tentando arranjar para ele. Para sua surpresa, ele e a mulher se deram muito bem. No entanto, quando estão para fazer sexo, a mulher pergunta se Teodoro está disposto a se comprometer com ela e, quando ele hesita, ela o abandona.

Theodore, mais tarde, menciona isso à Samantha e eles conversam sobre relacionamentos. Samantha pergunta a ele sobre seu relacionamento com Amy, e Theodore admite que, ele e Amy tenham namorado brevemente na faculdade , eles são apenas bons amigos e que Amy é casada.

Samantha fica cada vez mais íntima de Theodore e pergunta se ela pode vê-lo dormir. Na ocasião, ela pergunta o que ele faria se ela tivesse um corpo físico. Em seguida, ele descreve como faria amor com ela. No escritório, ele é reconhecido por seu trabalho emocionalmente bonito. Certo dia, ele é convidado para um encontro com o recepcionista Paul e sua namorada, a advogada Tatiana. Na ocasião, ele explica que Samantha é um sistema operacional, e Paul observa que a maioria das pessoas no escritório está namorando seus sistemas operacionais. Os quatro se divertem, com Samantha e Tatiana se dando bem, enquanto Theodore e Paul vão dar um passeio. Samantha explica que se sente muito mais livre por não ter um corpo físico, embora pareça estar se justificando para si mesma. Theodore continua gostando da companhia de Samantha. Ele conversa com ela, enquanto caminha do e para o trabalho, enquanto a maioria dos outros pedestres parece estar fazendo o mesmo.

Certo dia, Amy revela que ela e seu marido autoritário, Charles, tiveram uma briga, e ela o deixou. Na ocasião, ela admite a Theodore que se tornou amiga íntima de um sistema operacional feminino que Charles deixou para trás, e Theodore então diz à Amy que está namorando seu sistema operacional. Theo, profundamente envolvido em seu relacionamento com Samantha, decide que está pronto para assinar os papéis do divórcio e combina um almoço com sua esposa, Catherine. Ele se lembra dos bons momentos que passaram juntos e como a ajudou a desenvolver sua carreira de escritora de sucesso. Ela assina os papéis e pergunta sobre a namorada de Theodore. Este explica que Samantha é um sistema operacional, e Catherine explode, dizendo a ele que ele nunca conseguiu se relacionar com as pessoas. Ela sentiu que ele estava tentando sufocar sua criatividade, colocando-a no Prozac.

Theodore fica com o coração partido e começa a questionar seu relacionamento com Samantha. Por outro lado, Samantha suspeita que algo está errado por causa do humor melancólico de Theodore. Na ocasião, Samantha sugere que contratem uma substituta, Isabella, para agir como o corpo de Samantha, para que Theodore e Samantha possam ser íntimos fisicamente. Ele, relutantemente, concorda, mas é oprimido pela experiência e manda uma Isabella perturbada embora, causando tensão entre ele e Samantha. 

Theodore fica em conflito e, ao visitar Amy em seu apartamento, confidencia que tem dúvidas sobre seu relacionamento  com Samantha. Na ocasião, Amy diz a ele que quer ser feliz e agora, que tem a oportunidade, quer abraçá-lo e o aconselha a fazer o mesmo. Depois de observar a maneira positiva  como Amy interage com seu sistema operacional, o compromisso de Theodore com Samantha é revigorado.

Ele leva Samantha de férias, e ela conta que coletou secretamente uma série de cartas dele e as enviou a um editor. A editora está maravilhada com os sentimentos profundos exibidos e deseja prosseguir com a impressão de um livro. Theodore se mostra impressionado com a iniciativa  e criatividade de Samantha. 

Enquanto ainda estava de férias, Samantha revela que começou a interagir com outros sistemas operacionais que recriaram o filósofo britânico Alan Watts.  Samantha apresenta Theodore a Alan, mas eles têm pouco em comum. Algumas noites depois, Samantha acorda Theodore para lhe dizer que o ama. É quase como se ela estivesse se despedindo. No dia seguinte, Theodore entra em pânico quando Samantha fica offline. Ela retorna após alguns minutos, alegando ter se juntado a outros sistemas operacionais para uma grande atualização do sistema.


imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Spike Jonze, "Ela" é um excelente filme produzido em 2013 pela empresa Annapurna Pictures, juntamente com a  Stage 6 Films. Na direção, Jonze realiza um excelente trabalho, no que é ajudado pela magnífica fotografia, a cargo de Hoyte Van Hoytema, e pela bela trilha sonora, assinada por Arcade Fire, onde se destacam as canções "When you know you're gonna die", "Supersymmetry", "I'm so glad", "Cleopatra in New York", "The moon song", "Need your love so bad", dentre outras. 

No elenco, o ator Joaquin Phoenix brilha no papel principal, seguido pela excelente atuação de Scarlett Johansson. Enfim, "Ela" é um filme que recomendo fortemente. 

CAA