Filmes por gênero

UM AMOR EM PARIS (2014)

La ritournelle
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Paris Follies (USA, UK)
En helg i Paris (Suécia)
Pais: França
Gênero: Comédia
Direção: Marc Fitoussi
Roteiro: Marc Fitoussi
Produção: Caroline Bonmarchand
Direção Musical: Pascal Mayer
Efeitos Sonoros: Emmanuel Croset, Hubert Teissedre, Najib El Yafi
Efeitos Visuais: Thibaut Granier
Nota: 8.0
Filme Assistido em: 2014

Elenco

Isabelle Huppert Brigitte Lecanu
Jean-Pierre Darroussin Xavier Lecanu
Michael Nyqvis Jesper
Pio Marmaï Stan
Marina Foïs Christiane
Audrey Dana Laurette
Anaïs Demoustier Marion
lément Métayer Grégoire
Jean-Charles Clichet Régis
Lakshantha Abenayake Apu
Benoît Giros Fred
Pierre Diot Bruno Massoulier
Irène Ismaïloff Stéphanie Massoulier
Louise Coldefy Empregada do Restaurante
Pauline Brunner Virginie
Arthur Mazet Benjamin
Hugo Fernandes Quentin
Chiara Morel à L'Huissier Océane
Gabrielle Atger Recepcionista do Hotel
Jean-Michel Correia Motorista de Taxi
Xavier Robic Policial
Valérie Nataf Arrumadeira
Juliette Allain Caixa
Jacques Ledran Diretor do Supermercado
Stéphane Philibert Artista de Cabaré
Milo McMullen Artista de Cabaré
Claire Simon Artista de Cabaré

Sinopse

Brigitte Lecanu e seu marido Xavier, ambos na faixa dos cinquenta a sessenta anos de idade, são criadores de gado e vivem em sua fazenda localizada no norte da França. Como seus dois filhos não moram mais com eles, o casal vive fechado na rotina dos seus negócios.

Certo dia, entretanto, uma festa organizada por jovens parisienses na casa de seus vizinhos, faz com que Brigitte por acaso conheça Stan, um rapaz de apenas 25 anos. Os poucos minutos nos quais os dois trocam algumas palavras fazem com que ela, subitamente, seja tomada por uma irresistível vontade de viver uma grande aventura.

O desejo de voltar a vê-lo faz com que Brigitte, aproveitando o fato de ser portadora de uma irritação cutânea, diga ao marido que está indo à Paris para se consultar com um conhecido dermatologista. No entanto, ao chegar à capital francesa, todo o seu empenho é no sentido de localizar o jovem Stan, o que consegue, mas este não demonstra o menor entusiasmo ao revê-la.

Ao retornar ao hotel completamente frustrada, ela aceita o convite de um executivo dinamarquês para juntos darem um passeio pela cidade, com prioridade para uma volta na famosa Roda Gigante da Place de la Concorde. De volta ao hotel, ao iniciar um processo de sedução, ele descobre a irritação cutânea de que ela é portadora e, sem demonstrar qualquer aversão ao mesmo, comenta que o melhor que ela teria a fazer seria ir até Israel para se submeter a algumas aplicações de lama do  Mar Morto, conhecida internacionalmente por suas propriedades terapêuticas.

Enquanto isso, na fazenda, Xavier descobre casualmente que o tal dermatologista deixou de clinicar há cerca de dois anos, o que o deixa apreensivo, principalmente depois que Brigitte lhe afirma por telefone que foi muito bem atendida pelo médico, e que o mesmo lhe recomendara algumas aplicações de lama do Mar Morto. Intrigado com as prováveis afirmações falsas da esposa em relação à sua consulta médica, Xavier chega à cidade a tempo de vê-la sair do hotel ao lado do dinamarquês.

De volta à fazenda, junto a um amigo, Xavier desabafa toda a decepção que sentira em Paris. Este, no entanto, o aconselha a não se precipitar em relação ao casamento que ele mantém com Brigitte há tantos anos, por ter absoluta certeza de que ela verdadeiramente o ama. O amigo o relembra que, anos atrás, ela o perdoou quando ele lhe fora infiel e que a relação dos dois continuou tão sólida quanto anteriormente.

No dia seguinte, quando Brigitte retorna à fazenda, é recebida por Xavier com duas passagens para Israel e, na cena final, o casal acha-se tomando banho nas águas do Mar Morto, com seus corpos inteiramente tomados pela negra lama medicinal. 

imagem imagem imagem imagem imagem imagem

Comentários

Escrita e dirigida pelo cineasta Marc Fitoussi, “Um Amor em Paris” é uma deliciosa comédia do cinema francês. Sua trama gira em torno de uma mulher de cerca de cinquenta e poucos anos que, com os filhos já criados, leva uma vida tranquila e sem maiores desafios, ao lado do marido, numa fazenda da Normandia onde criam gado. Tal tranquilidade, no entanto, desaparece por completo a partir do momento em que conhece um belo rapaz parisiense de 25 anos de idade, o que a leva a procurá-lo, num processo de autoconhecimento e de tentativa de ver sua juventude de espírito renovada.

Fitoussi realiza um belo trabalho, onde o universo feminino é o seu ponto focal, e ainda nos surpreende com a leveza com que aborda o tema, reservando ao espectador alguns momentos deliciosos. Merecem ainda ser citadas as belezas de sua fotografia e trilha sonora. No elenco, Isabelle Huppert e Jean-Pierre Darroussin dominam as cenas nas quais atuam.

CAA