Filmes por gênero

AMANTES INSEPARÁVEIS (1973)

Les noces rouges
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: L'amico di famiglia (Itália)
Núpcias vermelhas (Portugal)
Wedding in blood (Estados Unidos)
Relaciones sangrientas (Espanha)
Bodas sangrientas (Argentina)
Blutige hochzeit (Alemanha)
Blodsbröllop (Suécia)
Det blodrøde bryllup (Dinamarca)
Pais: França, Itália
Gênero: Crime, Drama, Suspense
Direção: Claude Chabrol
Roteiro: Claude Chabrol
Produção: André Génovès
Design Produção: Guy Littaye
Música Original: Pierre Jansen
Direção Musical: André Girard
Fotografia: Jean Rabier
Edição: Jacques Gaillard, Monique Gaillard
Figurino: Karl Lagerfeld
Guarda-Roupa: Yvette Bonnay
Maquiagem: Alexandre Marcus
Efeitos Sonoros: Guy Chichignoud, Alex Pront, Louis Devaivre
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1988

Elenco

Stéphane Audran Lucienne Delamare
Michel Piccoli Pierre Maury
Claude Piéplu Paul Delamare
Clotilde Joano Clotilde Maury
Eliana De Santis Hélène Chevalier, filha de Lucienne
François Robert Auriol
Daniel Lecourtois Prefeito
Pippo Merisi Berthier
Ermanno Casanova Conselheiro
Henri Berger .
Maurice Fourré .
Philippe Fourré .
Gilbert Servien .

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio FIPRESCI (Claude Chabrol)

Indicações

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (Claude Chabrol)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Pierre Maury e Lucienne Delamare são amantes. Ele, casado com uma mulher que se acha doente, é um engenheiro, vereador municipal, não pode se permitir escândalo em sua pequena cidade às margens do Loire, onde todos se conhecem. Com relação à Lucienne, não é muito diferente, já que ela é esposa do vice-prefeito da cidade. A vida calma e aconchegante que o marido oferece, no entanto, não a satisfaz. 
 
Certo dia, Pierre pensa em matar sua esposa doente. A oportunidade surge certa noite, quando ele triplica a dose do medicamento que ela usa para dormir, antes de sufocá-la com um travesseiro. O médico, ao ser chamado, diagnostica uma insuficiência cardíaca. Tal fato, no entanto, não liberta o casal amaldiçoado, especialmente depois que Hélène, filha de Lucienne, a surpreendeu uma certa amanhã. 
 
O laço aperta um pouco mais quando Paul, retornando inesperadamente uma noite, não encontra sua esposa em casa. Lucienne, diante de um fato consumado, deve confessar seu caso, o que, em última instância, não atrapalha indevidamente o marido. Paul, antes de tudo, é um empresário. Quando o ódio dos amantes chega ao auge, Pierre mata Paul e camufla o assassinato, simulando um acidente automobilístico. Após uma carta enviada pela pequena Hélène à polícia, Lucienne confessa às  autoridades que ela tem um amante. Pierre, por sua vez, reconhece os assassinatos de Clotilde e Paul.

imagem

Comentários

Escrito e dirigido pelo cineasta Claude Chabrol, "Amantes Inseparáveis" é um filme produzido em 1973 pelas empresas Les Films de la Boétie, Canaria Films e Italian International Films.

Na direção, como de costume, Chabrol realiza um ótimo trabalho. O filme conta, ainda, com uma boa fotografia, a cargo de Stéphane Audran, seguida pela ótima atuação de Michel Piccoli.

CAA