Filmes por gênero

UMA NOITE EM CASABLANCA (1946)

A night in Casablanca
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Une nuit à Casablanca (França)
Una notte a Casablanca (Itália)
Una noche en Casablanca (Espanha, México)
Eine nacht in Casablanca (Alemanha)
Eine Nacht mit Beatrice (Áustria)
En natt i Casablanca (Suécia)
Noc w Casablance (Polônia)
Ночь в Касабланке (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Direção: Archie Mayo
Roteiro: Roland Kibbee, Joseph Fields
Produção: David L. Loew
Design Produção: Duncan Cramer
Música Original: Werner Janssen
Fotografia: James Van Trees
Edição: Gregg C. Tallas
Maquiagem: Otis Malcolm
Efeitos Sonoros: Frank Webster
Efeitos Especiais: Harry Redmond Jr.
Nota: 7.9
Filme Assistido em: 1947

Elenco

Groucho Marx Ronald Kornblow
Harpo Marx Rusty
Chico Marx Corbaccio
Sig Ruman Heinrich Stubel / Conde Pfferman
Lisette Verea Beatrice Rheiner
Charles Drake Tenente Pierre Delmar
Dan Seymour Chefe de Polícia Capitão Brizzard
Lewis L. Russell Governador Galoux
Lois Collier Annette
Frederick Giermann Kurt
Harro Mellor Emile
Paul Harvey Sr. Smythe
David Hoffman Espião
Ruth Roman Pequena participação
Eugene Borden Policial
Philip Van Zandt Maître do Hotel
Stephen Soldi Garçom
Adolph Faylauer Funcionário do Hotel
Nick Borgani Funcionário do Hotel
Leo Anthony Hóspede do Hotel
Edward Biby Hóspede do Hotel
James Conaty Hóspede do Hotel
Alphonso DuBois Hóspede do Hotel
Nestor Eristoff Hóspede do Hotel
Kenneth Gibson Hóspede do Hotel
Suzanne Ridgway Hóspede do Hotel

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Logo após o final da Segunda Guerra Mundial, um criminoso de guerra nazista, Heinrich Stubel, chega e um hotel de Casablanca. Disfarçado e se apresentando como o Conde Pfferman, sua intenção é a de recuperar os tesouros de arte roubados que ele havia escondido no hotel.

Tentativas anteriores fracassaram, apesar dos gerentes da época terem sido assassinados, ponto capital para conseguir seu intento. Assim, nesta nova tentativa, para recuperar os tesouros, Stubel precisa, antes de qualquer coisa, assassinar o mais novo gerente do hotel, Ronald Kornblow, o qual desconhece ter sido contratado porque ninguém anteriormente consultado ousou assumir tal risco.

Uma vez na gerência, Kornblow cruza o caminho de Corbaccio, proprietário da Companhia Yellow Camel, que se autodesignou seu guarda-costas, com a cumplicidade de Rusty, criado de Stubel. Após diversas tentativas para assassinar Kornblow, Stubel envia a bela Beatrice Rheiner, na esperança de que ela consiga manobrá-lo.

Depois de conseguir seu objetivo, Stubel se prepara para deixar a cidade. No entanto, com o auxílio de seus amigos e da própria Srta. Rheiner, Kornblow entra no quarto do nazista, desempacota suas malas, o que o deixa completamente louco ao descobrir o ocorrido.

Presos sob falsas acusações, Kornblow, Corbaccio e Rusty são levados a uma Delegacia de Polícia onde, finalmente, denunciam o astuto criminoso de guerra.

imagem

Comentários

Realizada pelo cineasta Archie Mayo, a partir de um roteiro escrito por Roland Kibbee e Joseph Fields, “Uma Noite em Casablanca” é mais uma boa comédia dos famosos Irmãos Marx. Embora não chegue aos níveis de "Diabo a Quatro”, "Uma Noite na Ópera" e "Os Gênios da Pelota", sua trama é marcada por ótimas piadas, suas famosas gags.

Na direção, Mayo realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pelos comediantes que nos faz rir do início ao fim. No elenco, a atriz Lisette Verea atua em seu segundo e último filme de sua carreira, o que nos deixa a pensar sobre o por que de ter abandonado o cinema tão cedo, aos 32 anos de idade, principalmente por ser uma bela mulher do porte de uma Ava Gardner.

Enfim, “Uma Noite em Casablanca” é um filme imperdível para os fãs desses fabulosos comediantes.

CAA