Filmes por gênero

OS CONTOS DE CANTERBURY (1972)

I racconti di Canterbury (Itália)
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Les contes de Canterbury (França)
The Canterbury tales (USA)
Los cuentos de Canterbury (Argentina, Espanha)
Pasolinis tolldreiste Geschichten (Alemanha)
Canterbury mesék (Hungria)
Canterburyn tarinoita (Finlândia)
Canterbury fortællingerne (Dinamarca)
Pais: Itália, França
Gênero: Comédia, Drama
Direção: Pier Paolo Pasolini
Roteiro: Pier Paolo Pasolini
Produção: Alberto Grimaldi
Design Produção: Dante Ferretti
Música Original: Ennio Morricone
Direção Musical: Pier Paolo Pasolini
Fotografia: Tonino Delli Colli
Edição: Nino Baragli
Figurino: Danilo Donati
Guarda-Roupa: Vanni Castellani
Maquiagem: Otello Sisi
Efeitos Sonoros: Gianni D'Amico, Massimo Anzellotti, P. Muratori, Luciano Muratori
Efeitos Especiais: Luciano Anzellotti
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 1973

Elenco

Hugh Griffith Sir January
Josephine Chaplin May
Laura Betti Mulher da aldeia de Bath
Judy Stewart-Murray Alice
Tom Baker Jenkin
Ninetto Davoli Perkin
Norman McGlen Pai de Perkin
Dorothy Everall Mãe de Perkin
Stephen Calcutt O noivo
Diana Fisher A noiva
Francis De Wolff Pai da noiva
Franco Citti O Demônio
Pier Paolo Pasolini Geoffrey Chaucer
Vernon Dobtcheff Franklin
Dan Thomas Nicholas
Michael Balfour O carpinteiro John
Jenny Runacre Alison, esposa do Carpinteiro
Michael Derrek Criado de Alison e do Carpinteiro
Peter Cain Absalom
Daniele Buckler Feiticeira Hunter
Settimo Castagna Angel
Oscar Fochetti Damian
Tiziano Longo Simkin, o moleiro
Eileen King Esposa de Simkin
Heather Johnson Molly
Patrick Duffett Alan
Eamann Howell John
Robin Askwith Rufus
Edward Monteith Dick
Hugh McKenzie-Bailey Thomas
Anita Sanders Esposa de Thomas
Elisabetta Genovese Prosperine
Willoughby Goddard Placebo
J.P. Van Dyne O Cozinheiro
Peter Stephens Justinus
Alan Webb Homem idoso
Athol Coats Homossexual rico

Prêmios

Festival Internacional de Berlim, Alemanha

Prêmio Urso de Ouro (Pier Paolo Pasolini)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

No primeiro conto, um homem maduro e rico, Sir January, apaixona-se por uma bela jovem, May, e com ela se casa. Dono de uma imensa propriedade, certo dia ele se desespera ao verificar que se acha cego. Inconformado, pede à bela esposa que o leve até o enorme e belíssimo jardim da propriedade. Antes de saírem, no entanto, ela marca um encontro no local com seu amante, um jovem de sua idade. Ao chegarem ao jardim, May diz ao marido que deseja comer amoras de uma de suas árvores. Ele acata seu desejo e lhe diz que espera que ela saboreie as melhores frutas. Na amoreira, ela se encontra com o amante, conforme combinado, e os dois começam a fazer amor, enquanto Sir January lamenta sua cegueira. No entanto, minutos depois, ele recupera a visão e flagra a esposa em pleno adultério. Indignado, ele a chama de vadia. Enquanto o jovem amante foge, May diz ao marido que seu ciúme o fez ver fantasmas e que, na realidade, ela está muito feliz com sua recuperação e que os dois devem agradecer a Deus pelo milagre alcançado, no que ele termina concordando.

No segundo conto, procurados pelo Diabo, dois jovens camponeses são extorquidos e obrigados a pagarem uma enorme quantia em dinheiro para terem seus nomes riscados de uma lista negra. No entanto, não cumprindo com o combinado, o Diabo os entrega à Inquisição para que os mesmos sejam queimados na fogueira por conta de seus prazeres libertinos.

No terceiro conto, dois homens a cavalo se encontram no campo. Um deles vai cobrar um aluguel para seu patrão. É um coletor de aluguéis. O outro diz ser também um coletor, mas forasteiro naquela região, e sugere que se tornem amigos até a morte. Em seguida, o primeiro pede ao forasteiro que lhe dê algumas dicas para que ele consiga aumentar sua renda, uma vez que só consegue sobreviver através de extorsão e chantagem. O outro lhe responde que consigo ocorre o mesmo, que ele é o Diabo e que sua moradia é o inferno. Ao chegarem à propriedade mal cuidada de uma senhora idosa, o Diabo lhe diz que tem uma intimação contra ela para que compareça no dia seguinte à Corte, sob pena de ser excomungada. Em seguida, garante-lhe que, por doze pences, ela será absolvida. Ela lhe pede piedade por ser pobre e miserável, já que em toda sua vida nunca possuiu doze pences. Ele ainda ameaça levar seu jarro novo que lhe deve desde que fez do marido um corno. Ela o desmente ao afirmar que nunca traiu o marido nem fez maldade com seu próprio corpo. O diabo, finalmente, se retira com o belo jarro e comenta com o amigo que, naquela noite, este irá consigo ao inferno onde aprenderá mais sobre seus segredos do que qualquer doutor em teologia.

No quarto conto, Perkin, um jovem de vinte e poucos anos, vive a praticar pequenos furtos, sendo rejeitado pelo pai que o considera uma desgraça para o trabalho e a família. Certo dia, ao penetrar numa festa de casamento, ele chama a noiva para entrar numa roda de dança, sendo por ela atendido. No entanto, indignado, o pai da noiva o expulsa do local. Ao chegar em casa, como de costume, é maltratado pelo pai e defendido pela mãe. No dia seguinte, ele finalmente consegue trabalho numa pequena mercearia. No entanto, quando o dono do estabelecimento se ausenta por alguns minutos, ele aproveita a ocasião para roubar o dinheiro do caixa e sai para gastá-lo numa roda de jogos. Ao final, um dos jogadores se torna seu amigo, apresenta-lhe sua esposa como sendo uma prostituta e o convida para os três dormirem juntos. Na manhã seguinte, eles são acordados por dois policiais que prendem Perkin e ordenam que ele os siga até uma prisão de Londres.

No quinto conto, Nicholas é um jovem apaixonado por Alison, esposa de um carpinteiro de nome John. Ele vive a fazer-lhe juras de amor, mas como seu marido é muito ciumento, ela tem receio que uma tragédia venha a ocorrer caso ele descubra sua infidelidade. No entanto, face à insistência do jovem e a um plano por ele elaborado, ela termina por prometer-lhe dar o seu amor. Assim, Nicholas procura John para dizer-lhe que, segundo seus conhecimentos de astrologia, na próxima 2 ª feira cairá um novo dilúvio sobre a Terra extremamente mais forte que o de Noé. Por conta desse acontecimento, ele já preparou um plano que, se seguido corretamente, salvará ele, John, Alison sua esposa, e ele próprio. John deverá dispensar seu criado Robin, sua criada Jill, e ficar separado de Alison na noite do dilúvio, pois a desgraça acometerá o homem que cometer pecado carnal nessa noite. Acreditando nas palavras do jovem, na tal 2ª feira John vai dormir fora de casa, enquanto Nicholas e Alison passam a noite a fazer amor.

No sexto conto, uma mulher da aldeia de Bath, na Inglaterra, casada pela quarta vez, está com o marido à beira da morte. Certo dia, ao visitar uma amiga, esta comenta que se acha com um novo hóspede num dos quartos que ela costuma alugar. Seu nome é Jenkin e ele estuda na Universidade de Oxford. Na ocasião, ele se acha no banho e, como as duas amigas são extremamente erotizadas, o observam através de um furo que dá para o banheiro. Pouco depois, quando ele se prepara para sair, a amiga o apresenta a ela. Depois que ele deixa a casa, elas comentam que ele pode ser um belo garanhão. No dia seguinte, durante uma festividade na aldeia, ela reencontra Jenkin e o leva até um recanto onde os dois ficam a sós. Sentados no chão, ele cochila enquanto ela, impaciente, procura excitá-lo a ponto de chegar a masturbá-lo. Quando, assustado, ele olha para ela, ela lhe diz que ele a enfeitiçou, que passou a noite a sonhar com ele e que os dois devem se casar, já que seu marido está à beira da morte. Assim, pouco tempo depois, ele passa a ser seu quinto marido. No entanto, como ele não atende aos seus constantes apelos sexuais, ela confessa que espera não se arrepender de lhe dar toda a terra e renda que herdou de seus quatro primeiros maridos.

No sétimo conto, quando o fiscal da Universidade de Cambridge se acha à beira da morte, dois estudantes, John e Alan, procuram o diretor para se oferecerem como eventuais vigias das atividades do moleiro Simkin, conhecido por adulterar o trigo que produz. Concordando com a ideia, o diretor libera os dois jovens que partem, em seguida, para a propriedade do moleiro. Uma vez lá, os dois acreditam que não darão a menor chance de serem roubados, pois estarão permanentemente atentos às quantidades processadas por Simkin. No entanto, muito experto, o moleiro simplesmente mantém as quantidades corretas, mas substitui a farinha de trigo por um simples farelo. Quando todos se deitam, Alan vai para a cama de Molly, filha do moleiro, com quem passa a noite. Na manhã seguinte, ao se despedir da jovem, esta lhe diz que não se esqueça de pegar, atrás da porta, um grande bolo feito com a farinha de trigo que ela ajudou o pai a roubar.

No oitavo e último conto, após uma noite de muita bebedeira, Rufus, conhecido como o mestre das prostitutas, é morto quando se achava embriagado e sentado em um banco. Um ladrão, chamado “Morte”, apareceu e cortou seu coração com uma lança. Em seguida, foi embora sem dizer uma palavra. Três jovens, amigos do morto, juram vingar sua morte. Assim, eles partem juntos para o campo onde, ao encontrarem um homem vestido de monge, este lhes diz que o homem que procuram se acha num bosque próximo dali. Ao chegarem ao local indicado, os jovens encontram uma infinidade de moedas espalhadas pelo chão. Diante da descoberta, um dos rapazes comenta que, de agora em diante, eles poderão viver como pessoas ricas. Eles esperam poder levar, à noite, todo esse tesouro para um esconderijo. Para tanto, é preciso que um deles vá até a cidade para comprar pão e três garrafas de vinho. Dick, o mais jovem, é o escolhido para essa missão. Uma vez na cidade, ele procura um farmacêutico a quem diz que precisa comprar veneno para matar ratos que estão acabando com as galinhas. Em seguida, compra três garrafas de vinho, de 5 litros cada. Enquanto isso, no bosque, os dois outros jovens planejam o assassinato de Dick, como forma de cada um ficar com uma maior parte do tesouro. Por outro lado, no caminho de volta ao bosque, Dick coloca metade do veneno comprado em cada uma das garrafas de vinho compradas para seus parceiros, visando ficar como único proprietário do tesouro encontrado. Assim, ao chegar de volta ao bosque, Dick é imediatamente assassinado por seus camaradas que, para comemorarem o feito, bebem o vinho envenenado e também morrem.

imagem

Comentários

Realizado pelo grande cineasta italiano Pier Paolo Pasolini, como o próprio título mostra, “Os contos de Canterbury” é a compilação de oito dos vários contos escritos pelo poeta inglês Geoffroy Chaucer.

Embora não se ache entre suas melhores realizações, o filme chegou a ser indicado ao Prêmio Urso de Ouro do Festival de Berlim. Um dos pontos que merecem maior atenção é a bela reconstituição da Inglaterra medieval.

A grande maioria desses contos gira em torno de sexo e da nudez do corpo humano, o que chama atenção por terem sido escritos no século XIV. Os demais falam de assassinato, hipocrisia religiosa, trapaça, extorsão.

CAA