Filmes por gênero

ATRAIÇOADOS (1988)

Betrayed
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: La main droite du diable (França)
Betrayed - Tradita (Itália)
El sendero de la traición (Espanha)
Traicionados (Argentina)
Verraten (Alemanha)
Förrådd (Suécia)
Forrådt (Dinamarca)
Преданный (União Soviética)
Pais: Estados Unidos, Japão
Gênero: Ação, Drama, Romance, Suspense
Direção: Costa-Gavras
Roteiro: Joe Eszterhas
Produção: Irwin Winkler
Design Produção: Patrizia von Brandenstein
Música Original: Bill Conti
Coreografia: Doris Knight, Wayne Knight
Fotografia: Patrick Blossier
Edição: Joële Van Effenterre
Direção de Arte: Stephen Geaghan
Figurino: Joe I. Tompkins
Guarda-Roupa: David Lisle, Mort Schwartz, Jay Hurley, Mickey Antonetti
Maquiagem: Leonard Engelman, Joann Wabisca, K. Phillips, Al Magallon
Efeitos Sonoros: Jean-Pierre Lelong, Pierre Gamet, Claude Villand, Mario Melchiorri
Efeitos Especiais: Ken Speed
Nota: 7.8
Filme Assistido em: 1989

Elenco

Debra Winger Catherine Weaver / Katie Phillips
Tom Berenger Gary Simmons
John Heard Michael 'Mike' Carnes
Betsy Blair Gladys Simmons
John Mahoney Shorty
Ted Levine Wes
Jeffrey DeMunn Bobby Flynn
Albert Hall Al Sanders
David Clennon Jack Carpenter
Robert Swan Dean
Richard Libertini Sam Kraus
Maria Valdez Rachel Simmons
Brian Bosak Joey Simmons
Alan Wilder Duffin
Clifford A. Pellow Reverendo Russell Johnson
Ralph Foody Lyle
Dolores Drake Toby
Suzie Payne Ellie
Howard Siegel Hank
Shawn Schepps Betty Jo
Howard Storey Engenheiro
Joel Daly Repórter

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Quando um apresentador de rádio judeu, em Chicago, é assassinado, a agente secreta do FBI, Catherine Weaver, também conhecida como Katie Phillips, é designada para se infiltrar em uma comunidade agrícola, suspeita de abrigar os responsáveis. Após receber as calorosas boas-vindas do fazendeiro Gary Simmons, de seus dois filhos e parentes, ela ficou impressionada com o afeto e a devoção de um pelo outro. Durante uma festa de 4 de Julho, Katie acompanha Gary, tirando fotografias e alegando que as mesmas são para um álbum de recortes. Quando vários conhecidos de Gary desejam saber quando eles vão caçar, ela percebe uma estranha tensão em outros habitantes locais. Logo depois, durante os fogos de artifício, ela beija Gary, enquanto seu amigo Wes a observa com desconfiança. 
 
Ela se reporta a seu manipulador, Mike Carnes que também é um ex-amante. Katie acha que Gary é muito dedicado à família para ser o líder de um grupo de supremacia branca. Carnes, no entanto, insiste que Gary é o suspeito certo e pede à Katie que procure informações sobre um grupo ou plano chamado "ZOG". Ele informa que a primeira esposa de Gary foi morta e atropelada várias vezes por um caminhão. Disfarçada, o romance de Katie com Gary floresce, e ela se liga aos filhos Rachel e Joey.
 
Ela teve o primeiro vislumbre do lado negro de Gary quando ele zombou de um fazendeiro vizinho sobre uma marca de nascença em seu pescoço, sugerindo que era uma ferida de Aids que o fazendeiro contraiu ao fazer sexo com outros homens. Naquela noite, Katie é convidada para caçar. Relutantemente, ela concorda e segue com Gary para a floresta, onde encontram Wes, Shorty e vários outros habitantes locais. Eles forçam um homem negro apavorado a sair de um carro e entregam-lhe uma arma com dez balas. Em seguida, eles mandam que o homem corra e colocam seus cães atrás dele. Quando eles finalmente o encurralam, Shorty oferece o tiro fatal para Katie, uma vez que é sua primeira caçada. A suspeita de Wes aumenta, na medida em que ela hesita. Quando ele aponta sua arma para ela, um furioso Gary pisa na frente de Katie para protegê-la, alegando que ela está apenas assustada com sua primeira caçada. Em seguida, ele afirma para Katie que ele deseja que não haja segredos entre eles.
 
No dia seguinte, ao entrar em contato com Carnes, este lhe diz que o FBI não conseguiu recuperar o corpo do homem caçado, e que seu testemunho ocular não seria suficiente para prender os homens por muito tempo, além do fato deles estarem mais preocupados com uma trama mais sinistra em que os supremacistas estão trabalhando. Katie, relutantemente, retorna à fazenda de Gary onde, enquanto coloca as crianças na cama, Rachel lhe pergunta se é verdade que não há mais segredos entre elas, com o que ela concorda.
 
Por outro lado, Gary demonstra seu interesse em se casar com Katie, e começa a revelar mais segredos. Nesse sentido, ele explica que "ZOG" significa "Governo Ocupado Sionista". Em seguida, ele lhe mostra um computador onde coordena as atividades com outros membros do grupo. No dia seguinte, Gary leva Katie e as crianças para acampar em uma reunião de outros supremacistas brancos. A vibração caseira de fogueiras e cantores é intercalada com apavorantes discursos de ódio e treinamento quase militar. Katie finge não ser capaz de atirar, quando Gary a treina no campo. Por outro lado, ele fica furioso com alguns neonazistas vendendo pistolas Luger autênticas.
 
Gary e Wes costumam sair para reuniões clandestinas sobre seus planos maiores. Deixada sozinha com Shorty, Katie pergunta como um homem tão bom poderia apoiar o mal e a violência. Shorty, então, lhe diz que não tem escolha, já que as minorias estão tirando o país dele. Em seguida, Katie foge de sua tenda para testemunhar Gary supervisionando a entrega de armas de nível militar. Wes a vê, aprofundando suas suspeitas. Antes de eles deixarem o campo, o candidato ao Congresso, Jack Carpenter, chega para fazer campanha pelo apoio da supremacia branca. Gary o confronta como um hipócrita que não apoiará a causa deles em Washington. O assessor de carpinteiro Flynn confidencia a seu velho amigo Gary que ele nunca deixará Carpenter trair sua causa.
 
Por outro lado, Gary revela seus planos para roubar um Banco, em Chicago, para financiar suas atividades terroristas. Na ocasião, ele insiste para que Katie esteja envolvida. Dentro do Banco, quando um segurança emerge do esconderijo com sua arma em punho, Katie se vê forçada a atirar no ombro dele. Quando eles fogem, um dos manipuladores do FBI de Katie atira e mata Wes, já que ele estava prestes a revelar sua identidade como agente secreto. Gary, finalmente, admite que Wes cometeu o assassinato de sua esposa porque ela nunca concordou com a causa deles.
 
Gary revela um esconderijo sob as tábuas de seu quarto, que contém uma lista de alvos de assassinato e outras informações sobre o plano do Grupo para iniciar uma guerra racial. Quando Katie leva o material para Carnes, este insiste que o mesmo é é apenas suficiente para provar uma conspiração. Em seguida, ele exige que Katie continue com seu disfarce para pegar o grupo enquanto o mesmo comete um crime.

Logo depois, eles seguem para Chicago para o assassinato.  Os planos futuros incluem vestir-se como policial da Polícia de Nova York e atirar em negros aleatórios no Harlem, bem como , ataques a homossexuais em San Francisco, e a judeus em Chicago. Flynn, secretamente, deu o arquivo do FBI de Katie para Gary. Ele permanece em conflito sobre se ela o ama de verdade ou não. Enquanto ele aponta seu rifle para o alvo que se aproxima, Gary revela que conhece sua verdadeira identidade. Katie saca sua arma e ordena que Gary se renda. Uma limusine chega e Carpenter surge como o alvo do assassinato. Gary se recusa a se render e Katie o mata.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Costa-Gavras, a partir de um roteiro escrito por Joe Eszterhas, "Atraiçoados" é um filme produzido em 1988 pelas empresas United Artists, Winkler Films e CST Communications Co.
 
Na direção, Costa-Gavras  realiza um bom trabalho, no que é ajudado pelas ótimas atuações de Tom Berenger e Debra Winger. O filme conta ainda com uma boa trilha sonora, onde se destacam as canções "Amazing Grace", de John Newton, "The Devil's Right Hand", de Steve Earle, "Mars and Venus", de John P. Sousa, "The Race is on", de George Jones e Don Rollins e "If you wanna get to Heaven", de Steve Cash e John Dillon.
 
CAA