Filmes por gênero

A ÁRVORE DOS ENFORCADOS (1959)

The hanging tree
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Raízes de ouro (Portugal)
La colline des potences (França)
L'albero degli impiccati (Itália)
El árbol del ahorcado (Espanha)
El árbol de la horca (Argentina)
Rivalen am goldriver (Alemanha)
De hängdas trä (Suécia)
De hængtes træ (Dinamarca)
Дерево для повешенных (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Faroeste
Direção: Delmer Daves
Roteiro: Wendell Mayes, Halsted Welles
Produção: Richard Shepherd, Martin Jurow
Música Original: Max Steiner
Fotografia: Ted D. McCord
Edição: Owen Marks
Direção de Arte: Daniel B. Cathcart
Figurino: Marjorie Best
Guarda-Roupa: Orry-Kelly
Maquiagem: Gordon Bau
Efeitos Sonoros: Stanley Jones, William Lambert, Robert J. Miller
Nota: 8.3
Filme Assistido em: 1960

Elenco

Gary Cooper Dr. Joseph 'Doc' Frail
Maria Schell Elizabeth Mahler
Karl Malden Frenchy Plante
George C. Scott Dr. George Grubb
Karl Swenson Tom Flaunce
Virginia Gregg Edna Flaunce
Slim Talbot Condutor da Diligência
Danny Borzage Dan
King Donovan Wonder
Ben Piazza Rune
Baron James Lichter Tim, o pianista
Fern Barry Mãe
Martin Eric Pai
Frank Hagney Morador da cidade
Dick Hudkins Morador da cidade
John Hudkins Morador da cidade
Fred Marlow Morador da cidade
Bob Morgan Morador da cidade
Boyd Stockman Morador da cidade
Don Turner Morador da cidade
Sailor Vincent Morador da cidade

Prêmios

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator em um Filme de Ação (Gary Cooper)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Canção Original (Jerry Livingston, Mack David)

Prêmios Laurel, USA

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Filme de Ação

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante (Karl Malden)

Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Canção (Mack David, Jerry Livingston)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Durante a corrida do ouro, ao chegar à cidade de Skull Creek, Montana, o Dr. Joseph "Doc" Frail compra uma cabana localizada numa colina, acima da cidade, de um pobre garimpeiro. Logo depois, Rune, um jovem vagabundo, tenta roubar uma pepita de ouro e é perseguido pela multidão enfurecida. Ao ouvir os gritos de pedido de socorro do jovem, Doc o resgata e cuida de seus ferimentos. Em pagamento por seus serviços, Doc exige que ele se torne seu empregado, ameaçando-lhe de entregá-lo como ladrão, se ele se recusar.

Quando Doc é atacado pelo Dr. George Grubb, um bêbado atrevido que o acusa de ser o diabo, ele, um experiente atirador, o expulsa sob a ameaça de uma arma. Dias depois, uma diligência é atacada por um bando de ladrões, fazendo com que os cavalos disparassem e o coche, sem controle, se dirigisse em direção a um penhasco.

Com sua respiração ofegante, o condutor revela que uma passageira, a única sobrevivente, está presa no coche. Frenchy Plante, um lascivo garimpeiro, Rune e Tom Flaunce dirigem um grupo de busca para localizar a mulher. Ao acamparem ao redor de uma fogueira, para passarem a noite, Flaunce relata a história de um médico chamado Temple, que incendiou sua grande casa no rio, depois que descobriu os cadáveres de um homem e de uma mulher lá dentro. No dia seguinte, Frenchy encontra a mulher desaparecida, a quem ele apelida de “Dama Perdida”.

Depois de a levarem, inconsciente, até uma barraca em um prado próximo, Doc a examina e declara que ela está sofrendo de uma cegueira temporária. Na ocasião, ele providencia para que ela seja transportada para a cabana abandonada de Flaunce, localizada em frente à sua, e Rune se apresenta como voluntário para cuidar dela. Três dias depois, a mulher recupera a consciência, embora permaneça cega. Depois de se identificar como sendo Elizabeth Mahler, ela descobre que seu pai foi morto no assalto. Quando ela fala para Doc sobre sua intenção de emigrar da Suíça para a “maravilhosa” América, ele a adverte de que ela não encontrará nada de maravilhoso na miserável cidade de Skull Creek.

Logo depois, a esposa de Flaunce, Edna, uma mulher cruel e primitiva, dirige-se para a cabana com a intenção de determinar se Elizabeth é uma mulher "decente", mas é afastada por Doc. Naquela noite, depois que Doc sai para jogar cartas no Bar, Frenchy entra furtivamente na cabana. Quando Elizabeth sente sua presença, ele afirma que foi enviado por sua cantina. Quando Frenchy está prestes a atacar sexualmente a mulher cega, Doc aparece e ordena que ele vá embora. Mais tarde, no Bar, Doc ameaça matar Frenchy se ele voltar à cabana. À medida que os dias passam, Rune passa a acusar Doc de tentar controlar pessoas com o objetivo de manter Elizabeth isolada.

Certo dia, quando Elizabeth está à beira de recuperar sua visão, ela inexplicavelmente volta ao estado de cegueira histérica. Doc a inspira a ver novamente, mas quando ela o abraça, ele friamente lhe informa que ela deverá ir embora no dia seguinte. Em seguida, ele presenteia Rune com um cavalo. Na manhã seguinte, Rune e Elizabeth seguem para a cidade, onde ela mostra a Flaunce um broche, uma antiga herança da família, e pede para usá-lo como uma forma de garantia. Quando Flaunce relata o pedido de Elizabeth a Doc, este lhe oferece dinheiro para emprestar a ela. Em parceria com Frenchy, Elizabeth e Rune fundam a mina "Lucky Lady".

Um mês se passa, e Doc continua a canalizar dinheiro para a mina, sem o conhecimento de Elizabeth. Certo dia, quando ele vai até lá para vê-la, Frenchy manipula Elizabeth e ela decide mudar-se para a cidade. Uma vez lá, ela se dirige a uma loja para tentar negociar seu broche, mas Edna, cruelmente, lhe diz que o broche não vale nada e a acusa de prostituição. Furiosa, Elizabeth acusa Doc de tentar brincar com a vida das pessoas e ele admite que o boato sobre a grande casa do rio é verdade e que o homem e a mulher eram seu irmão e sua cunhada.

Certo dia, no meio de uma violenta tempestade, uma árvore gigante, perto da "Lucky Lady", é arrancada, revelando um poço cheio de pepitas de ouro. Para comemorar o ocorrido, Frenchy prepara uma recepção para os habitantes da cidade, regada a bebidas. Enquanto Elizabeth leva um saco cheio de pepitas de ouro para a cabana de Doc, os foliões, embriagados, incendiam a cidade. Enquanto isso, Frenchy entra na cabana de Doc e assalta Elizabeth. Quando Doc retorna, ele encontra a cidade em chamas e, ao chegar em sua cabana, encontra Frenchy descendo as escadas. Quando este puxa sua arma, Doc o mata e, em seguida, joga seu corpo sem vida da encosta.

Grubb aproveita a oportunidade para incitar a multidão contra Doc, e ao colocar um laço ao redor de seu pescoço, Elizabeth, machucada, oferece seu ouro em troca da vida de Doc. A multidão gananciosa aceita a proposta, deixando Doc para trás. Depois que Rune remove o laço de seu pescoço, Doc se inclina, acaricia o rosto de Elizabeth e eles se abraçam.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Delmer Daves, a partir de um roteiro escrito por Wendell Mayes e Halsted Welles, “A Árvore dos Enforcados” é um faroeste norte-americano produzido em 1959 pelas empresas Warner Brothers e Baroda, esta última de Gary Cooper. Sua trama, baseada num livro de Dorothy M. Johnson, que ganhou o Prêmio Golden Spur da Western Writers of America, é marcada por uma grande intensidade dramática e por belos cenários.

Na direção, Daves nos brinda com um ótimo trabalho neste que marcou seu oitavo e último faroeste. Na área técnica, merecem ainda destaques a maravilhosa fotografia em Technicolor, assinada por Ted D. McCord, bem como a ótima trilha sonora a cargo de Max Steiner.

No elenco, Gary Cooper e Karl Malden, brilham em seus respectivos papéis, seguidos pelas ótimas atuações de Maria Schell, George C. Scott e Karl Swenson.

 

CAA