Filmes por gênero

O AMOR ESTÁ NA MESA (1998)

Cuisine américaine
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: American cuisine (Espanha)
Pais: França
Gênero: Comédia
Direção: Jean-Yves Pitoun
Roteiro: Jean-Yves Pitoun
Produção: Régine Konckier, Jean-Luc Ormières
Design Produção: Valérie Grall, Deana Sidney
Música Original: René-Marc Bini
Fotografia: Jean-Marie Dreujou
Edição: Monica Coleman
Direção de Arte: Valérie Grall
Figurino: Edith Vesperini, Richard Owings
Guarda-Roupa: Michael Tavares, Yvette Stapleton, Maria Oufkir
Maquiagem: Chris Bingham, Valerie Arditty, Pascale Bouquière
Efeitos Sonoros: Pierre Befve, Brian Miksis, Patrice Grisolet e outros
Efeitos Visuais: Ronan Broudin, Cedric Nicolas
Nota: 7.1
Filme Assistido em: 2005

Elenco

Jason Lee Loren Collins
Eddy Mitchell Louis Boyer
Irène Jacob Gabrielle Boyer
Isabelle Petit-Jacques Carole
Sylvie Loeillet Suzanne
Thibault de Montalembert Vincent
Anthony Valentine Wellington
Michel Muller Inspetor de Impostos
Isabelle Leprince Agnès
Laurent Gendron Bruno
Gérard Chaillou Roger
Lyes Salem Karim
Linda Powell Miller
David Gabison Fredet
Kathrine Narducci Bridget
Suzanne Shepherd Martha
Keith Hill Germaine
Alex Nelcha Lucas
Heather Matarazzo Kerry
Mike Hodge Juiz
Helena Catays Cozinheira
Inès de Cornulier Cozinheira
Dorothée Brigoo Cozinheira
Ambroise Meunier Cozinheiro
Stéphane Sillon Cozinheiro

Sinopse

 Loren Collins é um jovem chef-de-cuisine que trabalha para a Marinha americana.  Seu superior, um oficial complicado, está sempre a implicar com os pratos que ele cria.  Assim, quando um Almirante chega de Washington em companhia da mulher, de dois senadores e três deputados, Loren é pressionado a preparar um almoço tradicional.  Ignorando seu chefe, ele usa como sempre sua criatividade e, ao final da refeição, recebe os cumprimentos do Almirante.

No dia seguinte, seu superior vai até a cozinha, reclama de tudo e tenta humilhar o jovem que, perdendo o controle, o derruba com um soco.  Tal incidente faz com que Loren seja dispensado da Marinha.

Ele passa a trabalhar numa pizzaria até o dia em que uma amiga lhe fala sobre a possibilidade dele trabalhar em Dijon, na França, no restaurante de seu maior ídolo, o Chef Louis Boyer.  Sem pensar duas vezes, Loren viaja para Dijon, onde inicialmente não é bem aceito.  Boyer é uma pessoa muito difícil, marcada por uma labilidade de humor impressionante.

Por outro lado, sua filha, Gabrielle, uma jovem decoradora de interiores, noiva de um médico, acredita que a presença do rapaz no restaurante não está sendo boa para o pai, cujas reações violentas têm se tornado mais freqüentes. Ela o chama até seu escritório para oferecer-lhe um emprego no restaurante de um amigo, quando recebe um telefonema de que o pai, após agredir um Fiscal da Fazenda, trancou-se nu na câmara refrigerada do restaurante.

Os dois correm até o local, onde encontram a Casa cheia, contando inclusive com a presença de críticos gastronômicos do "Daily News", do "Express" e do "London Times".  Eles arregaçam as mangas e conseguem manter a excelente reputação que o restaurante mantém há 17 anos.  Por outro lado, depois que retiram a porta da câmara refrigerada, com auxílio de um maçarico, encontram Boyer passando mal.  Este é levado ao hospital onde, após ser submetido a uma série de exames, é internado para ser submetido a uma cirurgia no cérebro.

Com o pai no hospital, Gabrielle passa a trabalhar diariamente no restaurante, o que a leva ao fim de seu noivado.  Na cozinha, Loren acrescenta ao cardápio novos pratos por ele criados, os quais são fartamente elogiados por um crítico do Guia Gastronômico.

Ao sair do hospital, restabelecido, Louis Boyer decide se aposentar e entregar o restaurante à filha e a Loren que, a essa altura, pretendem se casar.

imagem imagem imagem

Comentários

"O Amor Está Na Mesa" é uma agradável comédia romântica.  Escrita e dirigida pelo cineasta Jean-Yves Pitoun, trata de um jovem 'chef' americano que viaja para a França a fim de trabalhar na cozinha de seu ídolo, o famoso 'chef-de-cuisine' Louis Boyer.

O roteiro é muito bem elaborado e, na direção, Pitoun apresenta um ótimo trabalho.  No elenco, destacam-se as atuações de Eddy Mitchell, Irène Jacob e Jason Lee, seguidas das de Isabelle Petit-Jacques e de Sylvie Loeillet.

CAA