Filmes por gênero

PROCURANDO ENCRENCA (1996)

Flirting with disaster
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Flirter avec les embrouilles (França)
Amori e disastri (Itália)
Flirteando con el desastre (Espanha)
Tentados por el desastre (Colômbia)
Flirting with Disaster - Ein Unheil kommt selten allein (Alemanha)
Igraszki z losem (Polônia)
Cochetând cu dezastrul (Romênia)
Не будите спящую собаку (Rússia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia
Direção: David O. Russell
Roteiro: David O. Russell
Produção: Dean Silvers
Design Produção: Kevin Thompson
Música Original: Stephen Endelman
Fotografia: Eric Alan Edwards
Edição: Christopher Tellefsen
Direção de Arte: Judy Rhee
Figurino: Ellen Lutter
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1999

Elenco

Alan Alda Richard Schlichting
Richard Jenkins Paul
George Segal Sr. Coplin
Ben Stiller Mel Coplin
Téa Leoni Tina
Celia Weston Valerie Swaney
Patricia Arquette Nancy Coplin
Lily Tomlin Mary Schlichting
Mary Tyler Moore Sra. Coplin
Josh Brolin Tony
Glenn Fitzgerald Lonnie Schlichting
Beth Ostrosky Jane
Cynthia Lamontagne Sandra
David Patrick Kelly Fritz Boudreau
John Ford Noonan Mitch
Nadia Dajani Jill
Don Creech Policial
Clarke Bittner Policial
Tony Kruk Detetive

Prêmios

Prêmios Chlotrudis - Massachusetts, USA

Prêmio Chlotrudis de Melhor Atriz Coadjuvante (Mary Tyler Moore)

Indicações

Prêmios American Comedy, USA

Prêmios da mais engraçada atriz coadjuvante (Lily Tomlin)

Prêmios da mais engraçada atriz coadjuvante (Mary Tyler Moore)

Prêmios Independent Spirit, California, Estados Unidos

Prêmio Independent Spirit de Melhor Direção (David O. Russell)

Prêmio Independent Spirit de Melhor Roteiro (David O. Russell)

Prêmio Independent Spirit de Melhor Ator Coadjuvante (Richard Jenkins)

Prêmio Independent Spirit de Melhor Atriz Coadjuvante (Lily Tomlin)

Prêmios GLAAD

Prêmio de Filme Excepcional

Sociedade Nacional dos Críticos de Cinema dos Estados Unidos

Prêmio de Melhor Roteiro (David O. Russell )

Prêmios Satellite, Los Angeles

Prêmio Satellite de Melhor Filme - Musical ou Comédia (Dean Silvers )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Mel Coplin é um jovem homem casado com Nancy e pai de um garoto de apenas 4 meses de idade. Inconformado com o fato de não conhecer suas verdadeiras origens, já que fora adotado quando criança, ele acredita ser muito importante para sua família, principalmente para o seu filho que, até agora, não foi registrado, encontrar os seus pais biológicos.

Através de uma Agência de Adoção, ele tenta conseguir uma pista que o leve a eles.  Depois de algum tempo, a Agência o comunica que localizou Valerie Swaney, uma mulher de meia-idade que vive em San Diego e que é sua mãe biológica.

Diante de tal informação, Mel decide viajar para San Diego, levando consigo sua mulher, seu filho e Tina, uma jovem psicóloga da Agência que quer transformar a aventura numa tese acadêmica.  Por outro lado, o Sr. e a Sra. Coplin, pais adotivos de Mel, vêem no projeto do filho uma ameaça para eles.

Uma vez em San Diego, ele descobre que Valerie não é sua verdadeira mãe.  De lá, seguindo uma outra pista, o grupo viaja em direção ao Michigan à procura de Fritz Boudreau, que também nega ser seu pai.  Este sugere que eles sigam em direção ao deserto do Novo México.

No caminho, eles apanham dois agentes do FBI, Tony e Paul.  Tony é um velho amigo de Nancy, da época do Colégio, enquanto Paul é seu companheiro gay.  Tony deseja adotar uma criança e começa a sondar Nancy a respeito.  Nancy fica contente com a atenção dada por Tony, pois, Mel a tem ignorado ao longo de toda a viagem.  Por outro lado, Tina não para de flertar com Mel.

Finalmente, o grupo chega à casa dos Schlichting, que vêm a ser os pais biológicos de Mel.  Ao conhecê-los, o desapontamento de Mel é enorme, uma vez que eles não são nada daquilo que ele esperava encontrar.  Ele fica chocado com as razões que os levaram a abandoná-lo, bem como, com o fato de ter um irmão que não gostou nada de conhecê-lo.  Enfim, ele toma consciência de que seus pais adotivos são realmente seus verdadeiros pais.

imagem

Comentários

Com um bom ritmo e muito bem escrito por David O. Russell, "Procurando encrenca" é uma das comédias americanas mais inteligentes, atraentes e divertidas dos últimos tempos.

O elenco está simplesmente surpreendente.  Ben Stiller está ótimo ao longo de todo o filme.  Patricia Arquette está maravilhosamente engraçada como a esposa frustrada.  A seqüência final, onde Mel encontra seus pais, estes muito bem interpretados por Lily Tomlin e Alan Alda, é verdadeiramente divertida.  Merecem ainda destaques as atuações de Richard Jenkins, George Segal e Mary Tyler Moore.

O realizador inspirou-se nos contratempos vividos por sua irmã adotiva.

CAA