Filmes por gênero

O DESTINO DO POSEIDON (1972)

The Poseidon adventure
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: A aventura do Poseidon (Portugal)
L'aventure du Poséidon (França, Bélgica, Canadá)
L'avventura del Poseidon (Itália)
La aventura del Poseidón (Espanha, México, Srgentina)
Die höllenfahrt der Poseidon (Alemanha)
SOS Poseidon (Suécia)
SOS Poseidon kalder (Dinamarca)
Приключения Посейдона (União Soviética)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Drama, Ação, Suspense
Direção: Ronald Neame
Roteiro: Stirling Silliphant, Wendell Mayes
Produção: Irwin Allen, Sidney Marshall
Design Produção: William J. Creber
Música Original: John Williams
Direção Musical: John Williams
Fotografia: Harold E. Stine
Edição: Harold F. Kress
Figurino: Paul Zastupnevich
Guarda-Roupa: Barbara Westerland, Dick James, Wally Harton
Maquiagem: Edwin Butterworth, Del Acevedo, Allan Snyder
Efeitos Sonoros: John A. Bonner, Theodore Soderberg, Herman Lewis
Efeitos Especiais: Matthew Yuricich
Efeitos Visuais: L.B. Abbott, A.D. Flowers
Nota: 8.5
Filme Assistido em: 1973

Elenco

Gene Hackman Reverendo Frank Scott
Ernest Borgnine Detetive Tenente Mike Rogo
Stella Stevens Linda Rogo
Red Buttons James Martin
Shelley Winters Belle Rosen
Jack Albertson Manny Rosen
Carol Lynley Nonnie Parry
Stuart Perry Teddy Parry
Pamela Sue Martin Susan Shelby
Eric Shea Robin Shelby
Ernie F. Orsatti Terry, namorado de Susan
Roddy McDowall Acres
Fred Sadoff Sr. Linarcos
Leslie Nielsen Capitão Harrison
Arthur O'Connell Capelão John
Sheila Allen Enfermeira Gina Rowe
Jan Arvan Dr. Caravello
Byron Webster Comissário de Bordo
John Crawford Engenheiro-Chefe Joe
Erik L. Nelson Sr. Tinkham
Charles Bateman 1º Oficial Larsen
Ronn Cragg Operador de radar
Maurice Marsac Oficial Naval francês
Victor Paul Kyrenos

Prêmios

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhores Efeitos Visuais (L.B. Abbott, A.D. Flowers )

Oscar de Melhor Canção Original (Al Kasha, Joel Hirschhorn)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Ator (Gene Hackman)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Shelley Winters)

Indicações

Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA

Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Shelley Winters)

Oscar de Melhor Figurino (Paul Zastupnevich)

Oscar de Melhor Direção de Arte - Decoração de Cenários (William J. Creber, Raphael Bretton)

Oscar de Melhores Efeitos Sonoros (Theodore Soderberg, Herman Lewis)

Oscar de Melhor Edição (Harold F. Kress)

Oscar de Melhor Trilha Sonora (John Williams )

Oscar de Melhor Fotografia (Harold E. Stine)

Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra

Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Shelley Winters)

Prêmios Globo de Ouro, EUA

Prêmio de Melhor Filme - Drama

Prêmio de Melhor Canção Original (Al Kasha, Joel Hirschhorn)

Prêmio de Melhor Trilha Sonora (John Williams )

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Pouco antes da véspera do Ano Novo, o transatlântico S.S. Poseidon começa a enfrentar um mar agitado. Na ponte, o Capitão Harrison discute com o Sr. Linarcos, representante do consórcio que agora é dono do navio, que insiste que eles continuem sem lastro para compensar o tempo perdido. Quando o jovem Robin Shelby entra na cabine, ele impressiona Harrison com seu fascínio e conhecimento do navio. Além dele e de sua irmã Susan, de dezoito anos, os passageiros do navio incluem, entre outros, o detetive Mike Rogo e sua esposa Linda, o mimado James Martin, o casal de judeus Manny e Belle Rosen e o reverendo Frank Scott, um clérigo rebelde que foi banido para a África por sua igreja.

No bar, a cantora Nonnie Parry ensaia suas canções, observada por um garçom britânico chamado Acres. Aquela noite é véspera de Ano Novo, e os passageiros se preparam para a festa de gala. Linda, uma ex-prostituta, preocupa-se com o fato de que os outros a desprezam, sendo acalmada pelo marido. Durante o jantar, enquanto Belle se preocupa com o mimado Martin,  Susan se apaixona pelo reverendo Scott. No convés, entretanto, Harrison descobre um terremoto submarino que está causando fortes ondas nas proximidades, deixando-o tenso ao lado da tripulação. Quando o relógio bate meia-noite, o salão de festas explode em comemoração e, logo em seguida, uma enorme parede de água alcança o navio.

A força da água vira o Poseidon de lado e, quando todos e tudo dentro do navio deslizam para baixo, ele vira completamente. No salão de baile, os passageiros são arremessados contra as paredes e deslizam pelo chão até o teto. Muitas pessoas são mortas ou seriamente feridas. No silêncio que se segue, os sobreviventes procuram por seus entes queridos. Manny e Belle se encontram, assim como Linda e Mike. O reverendo Scott tenta ajudar os feridos e Nonnie embala o cadáver de seu amado irmão, enquanto o comissário anuncia que eles devem ficar onde estão e aguardar ajuda. Quando Susan, presa em uma mesa, grita por socorro, o reverendo Scott organiza os homens para formarem uma rede, utilizando uma cortina, e pede à adolescente aterrorizada que pule.

Robin, que acumulou dados copiosos sobre o navio, informa que o casco é mais fino perto do eixo da hélice, o que leva o reverendo Scott a anunciar que todos devem seguir em direção ao eixo. Embora Mike se mostre relutante em confiar em um adolescente, Linda insiste que eles continuem. Por outro lado, o reverendo Scott leva alguns homens para aprumar a imensa árvore ornamental de Natal, uma vez que ela pode funcionar como uma escada.

Antes de seguir até a árvore, o reverendo Scott pede que o capelão do navio se junte a eles, mas o homem mais velho sente que precisa ficar para consolar os outros. Ele, então, se dirige a todos, afirmando que escalar representa sua única chance de escapar do afogamento, mas eles ficam do lado do comissário e se recusam a sair. Assim que o reverendo Scott atinge o topo da árvore, uma explosão ocorre no salão de baile e a água entra. Em pânico, todos correm para a árvore imediatamente, e seu peso é tal que a derruba, prendendo-os em baixo. Sem outra escolha, o reverendo Scott e dez outras pessoas cruzam a cozinha e, depois de enfrentarem diversos obstáculos, chegam com dificuldade a uma porta que os leva a um convés, onde eles ficam emocionados ao ver outros sobreviventes sendo conduzidos pelo médico do navio. O reverendo Scott, no entanto, informa o médico que ele está indo pelo caminho errado, em direção à seção do navio que está afundando mais rapidamente.

Apesar da certeza do médico de que ele está certo, o reverendo Scott tenta urgentemente convencer os demais de que a sala de máquinas é a única saída. A indecisão dos demais faz com que ele decida ir sozinho até lá, levando Mike a prometer seguir o médico se o reverendo Scott não retornar em quinze minutos. Logo em seguida, Susan resolve seguir o reverendo Scott, enquanto os outros vagam pelo convés à procura de suprimentos.

Quando o reverendo Scott encontra uma escotilha e sobe nela, ele pede que Susan retorne se ele não estiver de volta em poucos minutos. No entanto, pouco tempo depois, ele retorna com a notícia de que finalmente descobriu a sala de máquinas. Ao ocorrer nova explosão, Robin desaparece e o reverendo Scott procura por ele. Ao encontrá-lo, ele o agarra e alcançam a escotilha alguns instantes antes que a água suba acima de seus pescoços. Para liderar o grupo até a sala de máquinas, o reverendo Scott mergulha, ocasião em que a corda amarrada em sua cintura se afrouxa, fazendo com que Belle Rosen, uma ex-campeã de natação, o resgate. Momentos depois, no entanto, ela sofre um ataque cardíaco e morre em seus braços.

Depois que todos chegam à sala de máquinas em segurança, uma nova explosão ocorre bloqueando a porta do eixo da hélice. Exausto, o reverendo Scott encoraja os outros a continuarem, enquanto ele se sacrifica ao pular sobre as chamas para controlar uma válvula vermelha que controla a pressão do vapor. Com o vapor sobre controle, Mike consegue abrir a porta e o grupo martela o casco fino. Um barulho de resposta é ouvido e Mike percebe que o reverendo Scott estava certo o tempo todo. Os socorristas usam maçaricos para cortar um buraco no casco e escoltar o grupo, esfarrapado e atordoado, para a segurança.

imagem

Comentários

Realizado pelo cineasta Ronald Neame, a partir de um roteiro escrito por Stirling Silliphant e Wendell Mayes, “O Destino do Poseidon” é um filme produzido pelas empresas Twentieth Century-Fox, Irwin Allen Productions, Ronald Neame Film e Kent Productions em 1972. Sua trama, baseada num romance de Paul Gallico, é marcada por uma boa dose de suspense e efeitos especiais.

Na direção, Neame realiza um ótimo trabalho, no que é ajudado pela bela fotografia em Panavision, a cargo de Harold E. Stine. Sua trilha sonora, assinada por John Williams, também contribui para a qualidade do filme, sempre entrando nos momentos-chave. Na área técnica, merece igualmente ser lembrado o belo figurino de Paul Zastupnevich.

No elenco, Shelley Winters e Gene Hackman brilham em seus respectivos papéis, seguidos pela boa atuação de Ernest Borgnine.

CAA